Prêmio

 

RESULTADO PRÊMIO GOYAZES 2017

 

A Comissão Julgadora do GOYAZES Festival de Fotografia Goiânia 2017 agradece a extraordinária participação dos fotógrafos em todo o território nacional e informa que entre os 461 ensaios inscritos na categoria nacional, contando com a presença de 16 estados brasileiros e o Distrito Federal, foram selecionados 5 (cinco) trabalhos para compor a exposição; e que entre os 48 trabalhos inscritos na categoria estadual foram selecionados 3 (três) ensaios  para compor a exposição.

Nesta oportunidade, parabeniza os 8 (oito) ensaios finalistas, os 2 (dois) vencedores e, divulga em ordem alfabética os nomes dos fotógrafos, dos ensaios e respectiva classificação do Prêmio GOYAZES 2017.

 

1 – CATEGORIA NACIONAL

Primeiro lugar

Michelle Bastos – Nicolettas

Finalistas

Estefania Gavina – Inculpáveis

Gabriel Bicho – Têmpora in ngô meitire

Marise Maués – 304

Thaisa  Figueiredo – Organismos Insistentes

 

2 – CATEGORIA ESTADUAL

Primeiro lugar 

Guilherme Minoti – Jardins Telúricos – Topofilias de Goyaz

Finalistas

Alejandro Zenha – Geometria do Abandono

Ana  Póvoas – Alargamento da Alma

 

3 – NOTA DE ESCLARECIMENTO

O item 3.7 do edital assinalava que a comissão julgadora consideraria a originalidade, a qualidade técnica e artística na avaliação dos ensaios. Grande parte dos trabalhos inscritos para a convocatória estadual não apresentaram satisfatoriamente todos estes critérios, fato que levou à classificação de apenas 3 (três) ensaios.

O GOYAZES tem como objetivo contribuir para a reflexão e o incentivo à produção fotográfica brasileira. Por esse motivo, esperamos que o festival se estabilize no calendário nacional de festivais de fotografia e na cena cultural regional, a fim de se constituir como um marco e um propulsor de ações e projetos voltados para a permanente formação tanto do público visitante, quanto dos fotógrafos e artistas goianos.

Lembramos ainda que o projeto conta com recursos do Fundo de Arte e Cultura de Goiás para sua continuidade.

 

Goiânia, 20 de Julho de 2017.

 

Comissão de júri:

Deborah Borges, Diógenes Moura, Samuel de Jesus e Wagner Araújo.